Paulo Portas - candidato a um Óscar da Academia

China «é mais do que nunca um ator internacional inultrapassável», defende Portas

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, frisou hoje que a China "é mais do que nunca" um ator internacional inultrapassável.

Comentário
......................
Creio que a frase merece ligeiras alterações para que não fuja à verdade.
O que o Paulinho das Feiras quis na realidade dizer foi: Eu sou "mais do que nunca" um ator internacional inultrapassável. Representar é o que melhor sei fazer. Por isso é que estou sempre no estrelato político, desempenhando os papéis de mau-da-fita com tanto realismo que já consegui alimentar verdadeiros ódios de estimação entre os meus ex-queridos pensionistas e reformados, ex-combatentes do Ultramar, feirantes e restante pessoal de mercados e peixarias.
Aposto que ainda deitarei a mão a um Óscar da Academia em forma de submarino.
Fica a devida retificação.

Enviar um comentário

A Rua do Frigorífico

Dou sempre por mim a pensar o quão paradoxal é a circunstância de a Associação Protetora dos Pobres ficar situada numa rua com uma designa...