FMI - (F)ui (m)uito (i)mprudente



Pronto. Agora fiquei mais descansado. O FMI, afinal, é uma instituição absolutamente credível e constituída por gente bem-formada e de elevado sentido moral, ético, deontológico, cívico, entre outras virtudes que aqui não caberão por falta de espaço . Além disso, segundo consta, são muito mal remunerados e levam uma vida assaz recatada e austera, como a que impõem aos países sobre os quais intervêm implacavelmente. Estamos, pois, em face de mais um exemplo edificante que só vem provar à saciedade que vivemos num mundo dirigido e manipulado por gente de bem, que ocupa os mais altos cargos com a dignidade que se espera, sem quaisquer segundas intenções, ou seja, desinteressadamente, com reconhecida competência, responsabilidade , transparência e lisura.
Enviar um comentário

A Rua do Frigorífico

Dou sempre por mim a pensar o quão paradoxal é a circunstância de a Associação Protetora dos Pobres ficar situada numa rua com uma designa...